https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Ex-alunos do Grupo Educacional DMA participaram, nesta segunda-feira à noite, de uma manifestação na frente da Câmara de Vereadores de Tubarão, durante a votação do pedido de cassação do vereador Douglas Antunes, ex-proprietário da unidade de ensino. Os parlamentares decidiram arquivar o pedido, que entrou em apreciação, por unanimidade. Eles alegaram que o Ministério Público (MP) não ajuizou os processos.

Anunciante do CNT

Tudo começou porque vários ex-alunos garantem ter recebido diplomas falsos da instituição, pois, segundo eles, trata-se de conduta indecorosa do vereador para com a cidade de Tubarão. Alguns processos também tramitam no judiciário. As reclamações iniciaram em 2017.

Anunciante do CNT

Segundo o ex-estudante de Psicologia do DMA, Cledson Rodrigues, que protocolou o pedido de cassação na Câmara, foi um momento tenso, mas esperado. “Sabíamos da articulação da Câmara para blindar o Douglas. Mesmo assim, o nosso sentimento foi de indignação e decepção com os que se dizem nossos representantes. Arquivaram sem pelo menos permitir os depoimentos de alguns alunos”, lamenta. Ele complementa que não irão desistir e providenciarão outras ações contra o edil. “Teremos outras ações como entrar com recurso ou então, como mais material probatório, vamos oferecer novo pedido de cassação, pois a lei do processo administrativo permite nova denúncia, caso seja arquivado, ainda que seja a mesma”, explica.

Anunciante do CNT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui