https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Mais uma vitória conquistada pela Prefeitura de Capivari de Baixo no ano! O município está bem adiantado na campanha de vacinação contra a Covid-19 e, nesta quarta-feira (22), chega à última idade dos adolescentes (12 anos) e, assim, conclui um ciclo que iniciou no dia 20 de janeiro, quando Lucimar de Souza Mendes, técnica de enfermagem que trabalha há 20 anos na municipalidade e atua na linha de frente no combate ao coronavírus, foi a primeira a receber dose da vacina.

Anunciante do CNT

A Secretaria de Saúde vai imunizar com a primeira dose da Pfizer os adolescentes de 12 e 13 anos amanhã, na ESF Centro II, na rua João Ernesto Ramos, 110, das 15h30 às 18h. Com isso, Capivari será o primeiro município a chegar nesta idade na Amurel.

Anunciante do CNT

Nesta terça (21) e quarta (22), das 7h30 às 11h30 e das 13h15 às 15h30, também ocorre a segunda aplicação aos pacientes previamente vacinados com Pfizer com 60 dias de intervalo, e aos imunizados com Oxford com 90 dias de intervalo, além da repescagem de primeira dose aos capivarienses com 14 anos ou mais. Nos mesmos horários e local, na quinta (23) e sexta (24), o público citado será vacinado, então com a inclusão de repescagem aos moradores de 12 anos ou mais.

Anunciante do CNT

Importante frisar que os menores precisam estar acompanhados de responsáveis, ambos munidos de RG, cartão dos SUS e comprovante de residência. As crianças (6 meses a 11 anos) deverão ser vacinadas somente em 2022, conforme cronograma federal. “Convido a população para não esquecer as segundas doses e as de reforço, para que, assim, o esquema vacinal fique completo. Venha se proteger você também”, orienta a secretária de Saúde Andréa Paes.

Crianças

Até o momento, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não autorizou a aplicação de nenhuma vacina contra a Covid-19 em crianças. O imunizante da Pfizer é o único com autorização para ser usado em adolescentes (12 aos 17 anos) e já é aplicado nesta faixa etária em diversas cidades do país, assim como em Capivari de Baixo, uma das mais adiantadas de Santa Catarina.

O que se sabe sobre as vacinas para menores de 12 anos?

Pfizer: No Brasil, a vacina da Pfizer tem a autorização da Anvisa para ser aplicada em pessoas a partir dos 12 anos. A farmacêutica, em parceria com a BioNTech, já iniciou os estudos para verificar a segurança e a eficácia do imunizante na faixa etária entre 6 meses e 11 anos de idade. A expectativa é de que os primeiros resultados da pesquisa sejam publicados até o final deste ano.

AstraZeneca: a Universidade de Oxford chegou a anunciar um estudo sobre o uso da vacina na faixa etária entre 6 e 17 anos, mas suspendeu as pesquisas depois que problemas envolvendo coágulos sanguíneos raros foram notificados em adultos vacinados com o imunizante.

CoronaVac: a Anvisa negou o pedido do Instituto Butantan para ampliar a autorização de uso emergencial da vacina para crianças e adolescentes entre 3 e 17 anos. Segundo a agência, os dados apresentados sobre a segurança e a eficácia do imunizante na faixa etária foram considerados insuficientes, assim como o número de participantes do estudo. Na China, país onde o imunizante foi desenvolvido, a aplicação foi liberada para a população pediátrica a partir dos 3 anos com base nos resultados dos estudos de fase 1 e 2; a fase 3 ainda não foi concluída.

Janssen: a Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, tem a aprovação da Anvisa para realizar testes da vacina em adolescentes com idades entre 12 e 17 anos no Brasil, mas não há uma previsão sobre quando o imunizante será testado em crianças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui