https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg

Anunciante do CNT

Decreto prolongará situação de emergência com isolamento por mais sete dias 23/03/2020 – 17h12 – Atualizada em: 23/03/2020 – 17h44

Anunciante do CNT

O governo de Santa Catarina divulgou novo balanço de casos confirmados do novo coronavírus no final da tarde segunda-feira (23), em coletiva de imprensa. São 86 pacientes diagnosticados com a doença. Se comparado com o número divulgado no domingo (22), são 18 casos a mais em 24h.

Anunciante do CNT

Içara, Gaspar e Porto Belo, que anteriormente não apareciam, passaram a integrar a lista de contaminação. Os casos suspeitos não foram atualizados por problemas no sistema.Leia maisPANDEMIASobe para 34 o número de mortes por coronavírus no Brasil, diz Ministério da Saúde

Anunciante do CNT

Em transmissão ao vivo, o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) também informou que assinará novo decreto ainda nesta segunda-feira, prolongando por mais sete dias a situação de emergência em todo o território catarinense:

– Editaremos novo decreto que prorroga por mais sete dias a restrição de convívio social. É o melhor a se fazer agora, o isolamento social, pra evitar proliferação em massa do coronavírus.

Moisés disse que na terça-feira (24), vai se reunir com a equipe do governo de Bolsonaro para falar sobre as medidas que o governo federal anunciou no dia de hoje, que serão efetivadas por medida provisória.

O governador disse que já solicitou apoio do exército, através do Ministério da Defesa, especialmente para cuidados com fronteiras e deve deliberar com os generais sobre o emprego das tropas, no entanto, ainda não cogita o toque de recolher.

Curas em SC e o perfil dos contaminados

Questionado sobre pacientes já curados no Estado, o secretário da Saúde Helton Zeferino informou que ainda não há registro entre os sintomáticos, ou seja, que apresentam sintomas da doença:

– Temos casos em terapia intensiva e tem quadro pulmonar que exige cuidados de atenção que não é de rotina. A doença causa lesões específicas e não temos medicamento específica de coronavírus. Alguns vão desenvolver a doença, desenvolver anticorpos e desenvolver a cura. Todos os anos, daqui por diante, teremos mutação do vírus e em algum tempo teremos vacina para que possa se proteger. É preciso lembrar que a grande maioria de nós vai ter contato com a doença, vai desenvolver um sintoma gripal e depois vai retornar à rotina.

Já em relação ao perfil dos contaminados, Zeferino afirmou que, com base nos pacientes que entraram na rede hospital, se percebe que, como na maioria dos países, os quadros mais graves são de pessoas com idade mais avançada:

– Mas há caso de confirmação em UTI de faixa etária mediana. Não podemos entender que somente a população idosa está mais exposta e as demais achar que não deve se cuidar por ser imune. Toda a faixa etária tem risco.

Cidades de SC com casos de coronavírus

Florianópolis 15; Criciúma 9; Braço do Norte 9; Blumenau 7; Itajaí 7; Tubarão 7; Balneário Camboriú 6; Joinville 4; São José 4; Chapecó 2; Gravatal 2; Imbituba 2; Jaraguá do Sul 2; Porto Belo 2; Rancho Queimado 2; Gaspar 1;Içara 1; Jaguaruna 1; Lages 1; Navegantes 1; Pomerode 1.

Por NSC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui