https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

O chefe da Casa Civil do governo de Santa Catarina, Amandio João da Silva Junior, foi exonerado do cargo nesta sexta-feira (26). Ele havia sido empossado no dia 11 de maio, ou seja, ficou apenas 45 dias no cargo. O assessor especial da pasta, Sando Yuri Pinheiro, também perdeu sua função. A publicação está no Diário Oficial do Estado.

Anunciante do CNT

Junior assumiu o lugar deixado por Douglas Borba, exonerado por conta de estar envolvido na investigação da compra dos 200 respiradores no valor de R$ 33 milhões. Na semana passada, durante a CPI dos Respiradores na Assembleia Legislativa (Alesc), o nome de Amandio foi envolvido por causa de uma imagem em que ele aparece em chamada de vídeo junto com um empresário que participou do processo inicial da compra dos respiradores.

Anunciante do CNT

Amandio foi convocado a depor na CPI, o que deve ocorrer na próxima terça-feira (30), na Alesc. O governo emitiu uma nota e justifica a exoneração para que o ex-secretário consiga “prestar seus esclarecimentos pessoais perante as autoridades constituídas em relação aos fatos relacionados à sua atividade profissional desenvolvida na iniciativa privada”. Juliano Chiodelli, até então subchefe da pasta, assume temporariamente.

Anunciante do CNT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui