https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Após uma luta de cerca de um ano entre idas e vindas de hospitais de Tubarão e Porto Alegre (RS), a imprensa da região se despede do jornalista Jean Cardoso Júnior, que morreu no início da noite desta sexta-feira (19), aos 27 anos, por problemas pulmonares.

Anunciante do CNT

Conforme informações do pai, Jean Cardoso, o filho chegou a fazer transplante de pulmão há cerca de 15 anos. Em 2020, após sete meses de internação, teve alta e ficou em casa por um mês, até que precisou ser novamente internado para tratamento exames constantes, inclusive esteve lutando por sua vida na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Anunciante do CNT

O jornalista aguardava novo transplante pulmonar, mas estava na fila de pacientes e também muito fraco para o procedimento. Um das maiores paixões do comunicador era o futebol. Ele fazia coberturas como repórter nos estádios, lugar onde ficava confortável para trabalhar. Foi um dos setoristas mais atuantes do Hercílio Luz e do Atlético Tubarão e tinha muito respeito e credibilidade pelos colegas de Tubarão. Na Cidade Azul, atuou nas rádios Bandeirantes (emprego atual) e Santa Catarina, além de assinar crônicas e matérias em portais de notícias da Amurel.

Anunciante do CNT

O CNT Tubarão, que também tem muito apreço pelo jornalismo esportivo e torce intensamente pela ascensão profissional das equipes da Cidade Azul e dos demais 17 municípios da Amurel, independente da modalidade, externa os mais profundos sentimentos à família e amigos de Jean.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui