https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Três pessoas foram presas por tráfico de drogas, em Treze de Maio, suspeitas de coordenar um laboratório para produção de insumos utilizados no preparo de cocaína.

Anunciante do CNT

Segundo as investigações, o material produzido no laboratório clandestino era enviado pelos Correios para todo o Brasil. A venda era feita através de anúncios na internet.

Anunciante do CNT

As prisões são resultado da Operação Flipper, coordenada pela Polícia Federal de Criciúma com apoio da Polícia Militar de Treze de Maio, realizada na noite de segunda-feira. Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, dois de prisão temporária e um de prisão preventiva.

O laboratório desmantelado pela polícia ficava na Linha Fragnani, área rural do município, onde também foram apreendidos 45 quilos entre insumos e cocaína.

Segundo a polícia, foram presos dois homens: um de 29 anos, de Criciúma, e um de 47 anos, foragido da justiça de Minas Gerais com condenação de 21 anos de prisão por tráfico de drogas. Ele também usava documentos falsos, com identidade paraguaia. Uma mulher de 38 anos, de Foz do Iguaçu, que seria responsável por cuidar do laboratório, também foi detida na operação.

As investigações apontaram que o trio está ligado à mesma organização criminosa descoberta em Balneário Arroio do Silva, no fim do ano passado, também atuante no preparo de entorpecentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui