https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Dois homens denunciados pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) foram condenados por tentativa de latrocínio contra uma mulher trans, em crime registrado no município de Içara em outubro de 2020. Segundo a denúncia da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Içara, um dos réus era cliente da vítima e a chamou para um programa íntimo, com a promessa de também quitar dívidas anteriores.

Anunciante do CNT

A vítima foi buscá-lo de carro – com ele já estava o corréu. Ambos embarcaram no veículo. No trajeto, quando um dos pagamentos não foi autorizado na máquina de cartão da vítima, o denunciado anunciou o assalto e os dois, cada um com uma faca, desferiram diversos golpes contra a mulher.

Anunciante do CNT

Ela foi atingida diversas vezes, com o registro de 25 perfurações nos braços, pernas, face e regiões torácica e cervical. O crime só não se consumou porque a vítima conseguiu se desvencilhar das agressões e sair do veículo. Já na rua, ela teve ajuda de populares que moravam nas proximidades e, posteriormente, recebeu o devido atendimento médico. Os homens fugiram com o veículo e com pertences da vítima.

Anunciante do CNT

Os dois réus foram condenados, pelo Juízo da 2ª Vara da Comarca de Içara, pelo crime de tentativa de latrocínio a 11 anos, 5 meses e 4 dias de reclusão, em regime inicial fechado, e ao pagamento de 146 dias-multa. O processo correu em segredo de justiça. Cabe recurso da decisão ao TJSC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui