https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

As famílias em vulnerabilidade social de Laguna, que não estão cadastradas na Secretaria de Assistência Social, devem entrar em contato por meio do (48) 3644-4947, das 9 às 16h. As assistentes sociais deverão realizar o atendimento social, via telefone, uma entrevista será realizada para a concessão, ou não, do auxílio-emergencial (cesta básica).

Anunciante do CNT

As famílias já cadastradas não precisam realizar o procedimento novamente. Cada cesta terá 14 produtos: arroz, feijão, leite, farinha de trigo e de mandioca, massa, fubá, óleo, margarina, sal, biscoito, açúcar e café em pó.

Anunciante do CNT

Os recursos serão provenientes do Fundo de Amparo à Infância (FIA). A juíza da Comarca de Laguna, Elaine Cristina, autorizou a aquisição, devido à pandemia da Covid-19, diante do estado de calamidade pública. O pedido também foi analisado pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Anunciante do CNT

De acordo com a secretária de Assistência Social, Patrícia da Silva Paulino, um plano de trabalho foi elaborado pela equipe. Atualmente, o departamento atende uma demanda de aproximadamente 1,7 mil pessoas em situação de pobreza e vulnerabilidade social cadastrados na Secretaria.

“Vamos entregar as cestas conforme necessidade, com concessão das assistentes sociais”., descreveu Patrícia. Um levantamento foi efetuado no sistema de Gestão Municipal de Assistência Social para conhecer a realidade das famílias.

Assistentes sociais irão acompanhar a liberação das cestas. Os produtos serão entregues nas residências das famílias. Desde o início da pandemia, a prefeitura já havia entregue cestas básicas e kits de higiene para a população de baixa renda, também com auxílio de doações da comunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui