https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Nessa época conturbada que estamos vivendo, acredito que uma das coisas mais difíceis seja lidar com seus sentimentos.

Anunciante do CNT

Desde que começou essa pandemia, ouço as pessoas falando que vão enlouquecer, que a ansiedade aumentou, não conseguem dormir, etc…

Anunciante do CNT

E quando você começa questionar a pessoa e descobre que ela se alimenta mal pra caramba, só ingere coisas que está cansada de saber que fazem mal para a saúde. E que além de não comer direito, as pessoas estão criando o mal hábito de sufocar seus sentimentos, não conseguem falar com ninguém a respeito do que sentem. Já sabemos que sufocar os sentimentos, não é certo, chega um ponto que começa a prejudicar você fisicamente.

Anunciante do CNT

As últimas semanas que passaram, particularmente senti uma grande tristeza tomar conta de mim, além de sofrer pelas perdas na família, comecei a pensar em quantas pessoas estão internadas, quantas famílias estão sofrendo por seus entes queridos.

E cada dia, eu estava mais triste. Mas exteriormente estava bem, pois não conseguia expressar o que eu estava sentindo no momento.

Chegou ao ponto de toda vez que eu tomava banho me desmanchava em lágrimas, pela minha própria dor e por ficar pensando nas pessoas que estão passando pelo mesmo que passamos, eu estava sofrendo com algo que não consigo mudar e isso não estava certo, todo esse sentimento guardado dentro de mim estava ficando sufocante.

Foi então que lembrei que exercícios físicos sempre me ajudaram a aliviar o estresse do dia a dia.

Convidei meu marido e nos preparamos para uma pedalada longa e, no dia seguinte ao falecimento da minha avó, pegamos nossas bikes e fomos… Pedalamos 88 quilômetros, saímos de Tubarão, passamos por Jaguaruna, Camacho, Farol e voltamos por Laguna.
Levamos cerca de cinco horas para fazer esse percurso e metade do tempo contra o vento, no trajeto, aproveitei para colocar tudo que estava sentindo para fora, todo sentimento de impotência e toda tristeza. Claro que você nunca vai conseguir excluir tudo que sente.
Então eu chorei, chorei de tristeza, chorei de raiva, chorei por ter raiva de tudo de ruim que está acontecendo, chorei por não poder ajudar as pessoas.

Até que percebi que estava aliviada, vi o quanto é importante não trancar os sentimentos.
Cheguei em casa exausta, mas aliviada, claro que não tirou toda a dor que sinto por ter perdido pessoas queridas, mas o sentimento não me sufoca mais.

Então, se você sofre com ansiedade ou costuma guardar tudo que sente para si, procure fazer alguma coisa que te ajude a desabafar. Pedale, corra, caminhe, vá para a academia, pule corda… Não importa. Qualquer exercício que fizer vai ajudar a descarregar a ansiedade e o estresse do dia a dia.

Faça um pouco a cada dia e você verá que vai se sentir melhor, seu corpo e sua saúde mental agradecem. E, por acaso você não gosta de exercícios físicos, procure ajuda de um psicólogo, com certeza ele vai te ajudar muito.

Por fim, alimente-se saudavelmente, hidrate-se. Sua imunidade agradece!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui