https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Após 38 anos, a Ponte Hercílio Luz, no coração de Florianópolis, iniciou uma nova fase de testes. Foi reaberto, às 11h desta segunda-feira (14) o tráfego para veículos particulares de passeio. A circulação dos carros está liberada até às 19h. A partir de agora é permitida a passagem de carros compartilhados com dois ou mais ocupantes. Isto é, veículos com apenas um passageiro não podem passar pela estrutura.

Anunciante do CNT

Das 19h às 11h o horário será exclusivo para o tráfego de ônibus, táxis, veículos oficiais e de emergência, que também seguem autorizados a circular nos demais horários. Nos fins de semana, a ponte permanecerá fechada para o tráfego de veículos.

Anunciante do CNT

A estrutura serviu à população até 22 de janeiro de 1982, quando sofreu a primeira interdição por causa da deterioração das suas barras de olhal. Em 1988, foi reaberta apenas para o tráfego de pedestres, bicicletas, motocicletas e carroças.

Anunciante do CNT

Com problemas estruturais, voltou a ser fechada em julho de 1991. No início do ano, a ponte voltou a receber o tráfego de veículos oficiais, de emergência e de ônibus. Segundo José Abel da Silva, engenheiro responsável pela restauração, a reabertura do local para os carros particulares é a cereja do bolo da reforma.

“Nós que convivemos dentro da obra, sabemos da dificuldade que tivemos, os problemas da estrutura, processo de degradação de anos, sem manutenção. Hoje, é uma ponte segura, que pode passar com tranquilidade. É um presente para todas as pessoas que esperavam por esse momento”, disse..

Animado com a liberação, o profissional agora pensa nas obras de acesso ao local, que serão mais um desafio na reforma da ponte. “Pedimos que as pessoas respeitem os critérios, trafeguem com segurança”, conclui.

Primeiro motorista
René Sell, 54 anos, foi o primeiro motorista a entrar na Ilha pela Ponte Hercílio Luz. Ele diz que a família se programou logo cedo para o dia histórico. Acompanhado da mãe, da irmã, da cuidadora da mãe e de uma cachorrinha de estimação, está feliz em liderar o comboio de carros:

“Estávamos só na expectativa. Tirei minha mãe de casa depois de muito tempo. Hoje era o momento de sair. Foi muito legal ser o primeiro a passar pela ponte!”, exclamou.

Fiscalização

A fiscalização está sendo realizada pela Polícia Militar e a Guarda Municipal de Florianópolis. De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Ivan Couto, a fase de testes que envolve a passagem de veículos de passagem pode durar de duas a três semanas. A Ideia é monitorar o comportamento dos motoristas e o fluxo de veículos na ponte.

A Guarda Municipal e a PM terão agentes nas cabeceiras insular e continental para garantir que os motoristas respeitem os critérios estabelecidos para a reabertura.

“Com isso, vamos diminuir consideravelmente o número de veículos que estará circulando na ponte, região central e na Beira-Mar Norte”, disse Ivan.

A Prefeitura também está integrando dentro da estrutura de fiscalização, um modelo de videomonitoramento, com a colocação de câmeras específicas que conseguem identificar se o veículo possui dois ocupantes ou mais.

Alteração de horário
No início de setembro, a SIE (Secretaria de estado da Infraestrutura) havia definido outro horário de tráfego para veículos. O horário, no entanto, foi alterado, segundo o secretário Thiago Vieira, por conta dos furtos dos cabos de cobre da iluminação, tanto da funcional quanto da cênica, que ocorreram no último mês.

Fonte: ND+

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui