https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Os indivíduos são considerados de alta periculosidade e foram condenados à pena de reclusão de 13 e 16 anos pela prática do crime de latrocínio tentado ocorrido em agosto de 2019, em Tubarão.

Anunciante do CNT

Relembre o caso: No dia 9 de agosto do ano passado, a Polícia Civil, por intermédio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Cidade Azul, trocou tiros com quatro homens que realizaram roubo a um estabelecimento comercial no município.

Anunciante do CNT

A DIC estava em diligências, tendo em vista a ocorrência de delitos da mesma natureza, momento em que os suspeitos foram interceptados pelos policiais da unidade, armados, em duas motocicletas, após o cometimento do crime.

Anunciante do CNT

Ao serem abordados, os assaltantes começaram a realizar diversos disparos de arma de fogo, razão pela qual os policiais da DIC defenderam-se. Durante o tiroteio, um dos sujeitos morreu no local, o segundo foi encaminhado ao hospital, lavrando-se o respectivo auto de prisão em flagrante. Os outros dois, na ocasião, evadiram-se na outra motocicleta. Durante a ocorrência, restaram apreendidos três revolveres e parte dos objetos subtraídos foram recuperados.

Os outros dois assaltantes que na época dos fatos fugiram, acabaram sendo capturados posteriormente no decorrer das investigações e, já com os mandados de prisão preventiva expedidos, foram recolhidos no Presídio Regional de Tubarão, onde aguardavam o julgamento do processo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui