https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Iniciadas em maio, as obras de revitalização da escola Visconde de Mauá causaram uma imensa transformação no espaço que ganhará um moderno Centro de Educação Infantil (CEI), mas duas árvores de médio porte plantadas ainda na década de 50 vão permanecer intocadas. Os dois ipês ganharam uma espécie de status de patrimônio ambiental do bairro Oficinas e continuarão a fazer parte do cenário do novo prédio público da região.

Anunciante do CNT

Os dois ipês estão localizados nas extremas da parte frontal do terreno na avenida Altamiro Guimarães, um próximo ao muro que faz divisa com a EEB Senador Francisco Benjamim Gallotti e o outro ao lado do muro da esquina com a rua dos Ferroviários. As mudas foram plantadas no Dia da Árvore, em 21 de setembro de 1950, por um grupo de estudantes de uma turma da professora Leonor Lima Brasil.

Anunciante do CNT

Coube a Mário Botega, à época com 15 anos e recém-eleito presidente do chamado Clube Agrícola do Mauá, liderar o plantio.

Anunciante do CNT

“Nós éramos estimulados a fazer o plantio de verduras até como forma de ter alguns produtos para a merenda. Eu, por ser de origem do interior e bastante acostumado às atividades do campo, fui eleito para o Clube Agrícola do Mauá. As mudas dos ipês eu busquei nas terras do meu tio Antônio Botega”, lembra seu Mário, hoje com 86 anos.

Os ipês ganharam um tratamento especial por parte da Fundação Municipal de Meio Ambiente (Funat). Líquens e outros organismos foram removidos dos troncos e os galhos foram podados. Também foi realizada adubação nas árvores.

“Esses ipês são um patrimônio ambiental do bairro de Oficinas e mereciam ser preservados para embelezar ainda mais a nova escola do Mauá”, destaca o prefeito Joares Ponticelli.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui