https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Diante do aumento de casos de Covid-19 e lotação dos hospitais, e devido à necessidade de monitoramento permanente da pandemia e elevação dos gastos públicos para proteger a saúde da população, com adoção de medidas drásticas para a contenção do vírus, a Prefeitura de Criciúma decretará situação de calamidade pública no âmbito municipal.

Anunciante do CNT

A decisão foi tomada em reunião realizada agora a pouco com o prefeito Clésio Salvaro, vice-prefeito Ricardo Fabris, presidente da Amrec, Ademir Magagnin, diretores do Hospital São José, Raphael Farias, e Unimed, Leandro Avani Nunes, além da reitora da Unesc, Luciane Ceretta, do presidente do Sindicato dos Médicos da Região Sul Catarinense, Lucínio Alcântara​ e secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande, onde também ficou definido que o Centro de Retaguarda do Rio Maina passará a dar suporte aos hospitais e à população.

Anunciante do CNT

Os detalhes do funcionamento serão definidos nesta sexta-feira, em regime de urgência. Também nesta sexta, às 15 horas, prefeitos atuais e eleitos na Amrec, participarão de uma reunião sobre ações conjuntas que serão tomadas pelos 12 municípios.

Anunciante do CNT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui