https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

O zootecnista Gilberto Luiz Utzig, o Cavaleiro da Esperança, que ficou muito conhecido no Brasil após uma odisseia de 103 dias no ano de 2016, 2,7 mil quilômetros no lombo de um cavalo, quando saiu da sua cidade, São Luiz Gonzaga (RS), na região missioneira do Estado gaúcho, e foi até Brasília, no Distrito Federal, para angariar recursos para um hospital filantrópico, e realiza uma série de ações sociais, passa por Tubarão e pela Amurel para colocar em prática o que ele mais gosta: fazer o bem!

Anunciante do CNT

No ato de 2016, ele cosneguiu arrecadar cerca de R$ 23 milhões em recursos financeiros e equipamentos para a unidade hospitalar gaúcha, que passou por ampliações para poder abrigar os novos instrumentos e oferecer mais conforto para os pacientes.

Anunciante do CNT

Nesta segunda-feira (21), Gilberto, acompanhado do comunicador da Unisul TV, Adriano Marçal, foi até o bairro São Martinho conhecer uma criança que precisa de ajuda. O trabalho voluntário do Cavaleiro da Esperança, que já ministrou cerca de 150 palestras no Brasil, todas gratuitas, já chegou a angariar, em uma só campanha, R$ 12 milhões para o tratamento de um paciente com Atrofia Muscular Espinhal (AME). “Somente para o tratamento desta doença já foram 20 campanhas”, destaca.

Anunciante do CNT

Uma das crianças ajudadas pelo aventureiro da estrada é a menina Isabela, de Rio Fortuna, que precisa de R$ 10 mil para pagar seu tratamento e máquinas. No dia 4 de setembro de 2019, Gilberto abraçou a campanha criada pela família da tubaronense Lívia Locks, que convive com AME e precisa de um valor muito expressivo para comprar os remédios e manter a qualidade de vida da menina. “Quando essas ações necessitam de muito dinheiro, é preciso envolver o Brasil e o mundo. Foram dez meses de cavalgada e muito trabalho para ajudar a pequena Lívia e que, graças a Deus, conseguimos ajudar. Sou só um instrumento na sociedade. Muito do meu papel neste processo é divulgar esses casos nas minhas redes sociais: @cavaleirosdaesperanca no Facebook ou @beto_cavaleiro_da_esperanca” no Instagram.

Ele emenda dizendo que uma andorinha só faz verão sim, basta querer. “Mãos que ajudam são mais sagradas que lábios que oram”, destaca Gilberto parafraseando Madre Teresa de Calcutá.

O que é AME?

A atrofia muscular espinhal (AME) é uma doença neuromuscular caracterizada por degeneração e perda de neurônios motores da medula espinal e do tronco cerebral, resultando em fraqueza muscular progressiva e atrofia.

Isabella Herdt Balmann é de Rio Fortuna. Ela ela tem A.M.E tipo 1… todos os tratamentos possíveis, que possibilitariam ter vida normal, lhe foram negados pelo judiciário, peritos, Sus e executivo…mas os desígnios de Deus são únicos…na sua infinita bondade e misericórdia, traça caminhos diferentes para a “ISABELLA”… caso raro no mundo, quando poucos bebês com A.M.E tipo 1 chegam até os 2 anos com vida, ela já chegou aos 3 anos… os 12 milhões que poderiam comprar a vacina que salvaria sua vida, nos EUA, para ela já não tem serventia… mas os custos para manter aparelhos ligados, alimentação especial, cuidadoras, fisioterapeutas, fonoaudiólogas, são elevados…muitos profissionais se doam, cobrando menos, ou até não cobrando pelo seu trabalho…
Se tu doar um pouquinho todos os meses, a Família da “ISABELLA” vai poder dar a ela um pouquinho mais de conforto… faça parte da “CORRENTE DO BEM”…com certeza te tornarás um SER + HUMANO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui