https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

O ano de 2020 foi marcante pela sucessão de acontecimentos trágicos, como os incêndios na Austrália que devastaram cerca de 10,7 bilhões de hectares de florestas, a explosão no Porto de Beirute no Líbano, e claro, o coronavírus que já infectou mais de 83 milhões de pessoas e matou quase dois milhões.

Anunciante do CNT

No final do ano, porém, se comemorou a conquista da vacina contra este vírus que mudou a rotina das pessoas em todo o mundo. Em tempo recorde, foi desenvolvida a vacina que determinaria o fim do terror que estamos vivendo há mais de um ano.

Anunciante do CNT

Agora acompanhamos nos noticiários que uma nova mutação do vírus surgiu na Europa e que já tem casos confirmados em outros 22 países, incluindo o Brasil. E então surgem dúvidas e preocupações. Será que a vacina desenvolvida será eficaz contra esta nova mutação? Será que 2021 será uma continuação do terrível ano de 2020?

Anunciante do CNT

A verdade é que ainda não se tem muitas informações sobre esta nova variante do Coronavírus. O que se sabe é que ela é cerca de 60% mais contagiosa, o que causa preocupações pois poderá se espalhar ainda mais rápido. Não há evidências de que a vacina será eficaz contra esta variante, porém os pesquisadores acreditam que teremos sucesso.

Em um cenário de incertezas, não podemos cruzar os braços e esperar que a imunização pela vacina seja a salvação. Precisamos fazer a nossa parte, visto que as recomendações de prevenção permanecem as mesmas: Distanciamento social, usar máscara, lavar as mãos com água e sabão, usar álcool em gel nas mãos e objetos de manuseio, manter os ambientes arejados e com boa circulação de ar.

As medidas de prevenção são simples e fáceis. Mas, infelizmente, o que vemos constantemente são pessoas que não seguem as recomendações, enquanto isso os hospitais permanecem cheios. Praias lotadas, festas, aglomerações de todo o tipo acontecem o tempo todo. Esta é a maior preocupação. Pois enquanto agirmos como se nada estivesse acontecendo, o vírus e sua mutação irão infectar cada vez mais pessoas, trazendo mais danos.

Vamos nos conscientizar e pensar na nossa saúde e na do próximo. Vamos fazer com que o novo ano seja diferente, com mais cuidados, para que o vírus finalmente seja eliminado e possamos voltar a nossa vida normal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui