https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Laguna esteve entre as oito cidades de Santa Catarina onde houve o cumprimento de pelo menos 50 mandados de prisão e de buscas e apreensão expedidos pela Vara Criminal da Região Metropolitana de Florianópolis, durante a Operação Rescaldo, deflagrada na manhã desta quarta-feira (3) pela Polícia Civil, após parecer favorável da 39ª Promotoria de Justiça da Capital.

Anunciante do CNT

A investigação é da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic). Por volta das 6h, mais de 60 policiais civis saíram às ruas para o cumprimento de 34 mandados de prisão temporária e 16 de busca e apreensão em Laguna, São José, Itajaí, Jaraguá do Sul, São Francisco do Sul, Timbó, Concórdia e Chapecó.

Anunciante do CNT

Além da Deic, participam da operação policiais civis dos municípios citados. Os mandados de busca foram cumpridos em oito cidades: Laguna (5); São José (1); Timbó (2); Itajaí (1); São Francisco do Sul (1); Jaraguá do Sul (1); Concórdia (1) e Chapecó (4).

Anunciante do CNT

350 integrantes presos desde 2017

Com essa operação, a equipe da Draco/Deic chega à marca de 350 pessoas da mesma organização criminosa, oriunda do Estado de São Paulo identificados conhecida com Primeiro Comando da Capital (PCC), presas e indiciadas em inquéritos desde 2017.

Naquele ano foi quando o grupo passou a intensificar a tentativa de dominar pontos de venda de drogas no território catarinense, cometendo diversos tipos de crimes, inclusive homicídios,a maioria contra integrantes da facção rival Primeiro Grupo Catarinense (PGC).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui