https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Uma menina de 6 anos morreu por conta de Covid-19 em Criciúma, no Sul do Estado. Ela ficou internada em hospitais nos últimos 11 dias. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (24) pela prefeitura.

Anunciante do CNT

Segundo o município, a criança era aluna da escola Acácio Alfredo Villain, no bairro Montevidéu, e estava estudando no modelo misto, uma semana na escola e outra em casa, de forma remota.

Anunciante do CNT

O último dia de atividade presencial da criança na escola teria sido 5 de março. Ela teria apresentado sintomas depois que a mãe e a avó foram diagnosticadas com o novo coronavírus, no dia 9. A confirmação do teste positivo para a criança veio no dia 11.

Anunciante do CNT

Três dias após a confirmação do resultado positivo para Covid-19, a criança teve complicações e foi internada no Hospital Materno Infantil Santa Catarina (HMISC). Ela chegou a ser transferida para o Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, no dia 18 de março, já com diagnóstico de leucemia, além de Covid-19, segundo a prefeitura, mas não resistiu e morreu na manhã desta quarta.

O óbito foi confirmado pelo município, mas ainda não aparecia nos registros do governo do Estado até o fim da tarde desta quarta-feira (24). Nas redes sociais, a escola publicou uma nota de pesar pela morte da menina.

A prefeitura de Criciúma informou que prestará apoio à família e que as escolas do município seguem o protocolo sanitário do Plano de Contingência Escolar (Plancom). As 65 escolas da cidade passarão por higienização no próximo fim de semana.

Rede municipal de ensino já teve 149 casos confirmados
Segundo a Secretaria de Educação de Criciúma, essa foi a segunda morte por Covid-19 de pessoas ligadas à rede municipal de ensino. A primeira vítima havia sido uma servidora da escola Giácomo Zanette, no bairro Santo Antônio. Ela tinha 57 anos, atuava como servente e morreu nessa terça-feira (23).

No total, 149 casos da doença já foram confirmados na rede municipal. O município tem 65 escolas, 1,5 mil professores e 20,2 mil estudantes matriculados.

Até o boletim da terça-feira (23) do governo do Estado, Criciúma tinha 309 mortes por Covid-19 e 2.343 casos confirmados desde o início da pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui