https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Policiais da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Tubarão prenderam duas mulheres em flagrante pela prática do crime de estelionato contra uma loja de calçados localizada no Centro de Tubarão.

Anunciante do CNT

A prisão em flagrante ocorreu na tarde de ontem, dia 28, quando a Polícia Civil foi acionada pelo comerciante. Ele informou que uma pessoa havia solicitado a compra de cerca de 28 pares de tênis de marca, cerca de R$ 10.000,00, e para realizar o pagamento via plataforma digital, encaminhou uma imagem (selfie) segurando um documento falso.

Anunciante do CNT

Duas mulheres vieram até Tubarão a fim de recolher os produtos da loja. Elas recolheram os produtos, porém, ao saírem do local, foram abordadas por policiais civis, os quais as conduziram à sede da DIC de Tubarão.

Anunciante do CNT

O Delegado de Polícia responsável pelas investigações decidiu pela prisão em flagrante. As mulheres foram encaminhadas ao Presídio Feminino de Tubarão, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

A Polícia Civil explica que o golpe ocorre quando uma pessoa entra em contato, via whatsapp, com um estabelecimento comercial, solicita a separação de inúmeros produtos de alto valor agregado, realiza o agendamento do pagamento através de uma plataforma de pagamento, outras pessoas vão ao estabelecimento vítima e recolhem os produtos.

Ocorre que os cartões utilizados para o suposto pagamento são clonados, perdidos por terceiros ou os golpistas se utilizam apenas dos dados do cartão. O titular do cartão, ao perceber a compra indevida, cancela a compra e o comerciante acaba amargando um prejuízo dos produtos levados pelos golpistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui