https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg

Polícia encontrou jovem de 18 anos em cidade que não será divulgada. Prisão domiciliar foi decretada com base em artigos do Código Penal que falam sobre causar epidemia e proliferar doenças contagiosas.

Anunciante do CNT

Por G1 RS

Anunciante do CNT

22/03/2020 10h32  Atualizado há uma hora


Polícia encontrou jovem na Região Metropolitana de Porto Alegre — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Anunciante do CNT

O estudante de 18 anos diagnosticado com a Covid-19 que desrespeitou o isolamento domiciliar em Torres, no Litoral Norte do RS, foi posto em prisão domiciliar na noite de sábado (21), na Região Metropolitana de Porto Alegre. A Justiça havia decretado a medida mais cedo, no mesmo dia.

Anunciante do CNT

Conforme o delegado Adriano Koehler Pinto, o jovem fica proibido de sair do domicílio sem prazo determinado. A cidade em que o estudante foi encontrado não será divulgada.

Ele foi enquadrado nos artigos 267 e 268 do Código Penal, que falam sobre causar epidemia e propagação de doença contagiosa, respectivamente.

A cidade de Torres tem dois casos de coronavírus confirmados, entre eles, o do jovem, segundo boletins da Secretária Estadual de Saúde do estado. O Rio Grande do Sul tem 71 casos até este domingo (22).

O estudante chegou da Irlanda no dia 12 de março já com sintomas da doença. Um dia depois, fez os exames e na quarta-feira (18) testou positivo para o coronavírus.

De acordo com o delegado Adriano, a população começou a procurar a delegacia para relatar que o jovem teria participado de uma partida de futebol, ido a uma festa e ainda feito um serviço em barbeiro da cidade dias antes do resultado chegar.

“Nós tivemos acesso a uma rede social e ele comentou que se ele estaria infectado, outros poderiam estar”, conta o delegado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui