https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Um jovem motociclista ficou gravemente ferido após um acidente registrado na BR-101 por volta das 16h desta terça-feira (23), no viaduto sobre o trevo de acesso Norte a Tubarão, no bairro Humaitá de Cima. A moto que pilotava bateu em um carro entre a lateral esquerda e a frente do veículo. Informações extraoficiais indicam que o motociclista teria tentado um furto a duas senhoras e a PM notou a ação, iniciando uma perseguição que culminou na colisão.

Anunciante do CNT

A vítima foi socorrida pelo pelo Corpo de Bombeiros e levada ao Hospital Nossa Senhora da Conceição com diversos ferimentos, principalmente no tornozelo esquerdo. O motorista do carro teve apenas escoriações. A batida ocorreu no sentido Sul da rodovia. Uma viatura da Polícia Militar também esteve no local para apoiar no controle do tráfego até a chegada da Polícia Rodoviária Federal, responsável por registrar a colisão.

Anunciante do CNT

Uma breve fila se formou até o término do resgate e a retirada dos veículos envolvidos. Ainda não há detalhes sobre o nome do motociclista e como ocorreu o acidente. A moto, de baixa cilindrada, ficou completamente destruída.

Anunciante do CNT

Atualização às 21h27

Policiais militares o perseguiram por vários quilômetros e ele só parou quando bateu de frente com um carro.

Após ser avistado trafegando devagar atrás de duas mulheres, no bairro Dehon, o motociclista desobedeceu a ordem de parada da guarnição e iniciou a fuga em alta velocidade.

Na marginal da BR-101, no sentido norte, ele atravessou pela passarela, quase atropelou pedestres e passou a transitar no sentido Sul. No outro lado da rodovia, fugiu de mais uma viatura e seguiu na contramão.

Em seguida, bateu de frente com um Polo Sedan e ficou bastante ferido. Os bombeiros o levaram para o hospital.

Os policiais verificaram que o motor não era compatível com a numeração da moto. O condutor, que não portava documentos, deve ser indiciado por desobediência, adulteração de sinal identificador de veículo, excesso de velocidade, dano e acidente de trânsito com vítima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui