https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

A Comunidade Terapêutica Renascer, no bairro Indaial, em Gravatal, em atividade desde 2015, realizou, na noite desta terça-feira (27), uma grande homenagem ao rotariano e advogado Guido Olavio May. A Casa de Acolhimento da instituição foi batizada com o nome de May, que participou do evento. Ele já tem cerca de 50 anos de serviços prestados à sociedade tubaronense e da região, por meio do Rotary Club.

Anunciante do CNT

Guido recebeu várias homenagens da diretoria da comunidade terapêutica e dos acolhidos. Um coquetel foi servido na ocasião. May, que nasceu em 13 de setembro de 1939, é filho de Paulo Jacob May e Maria Althoff. É integrante do Rotary Club de Tubarão -Leste. Ele tem dois títulos Paul Harris, um reconhecimento aos companheiros que contribuíram com mais de US$ 1 mil à Fundação Rotária, ou que tiveram doações neste valor feitas em seu nome. O título foi criado em 1957, para demonstrar apreço e motivar contribuições substanciais ao programa, hoje conhecido como Bolsas Educacionais.

Anunciante do CNT

Sobre a Renascer

Anunciante do CNT

A Comunidade Renascer tem o título de utilidade pública municipal e está totalmente legalizada. Emprega oito colaboradores, como administrador, psicólogos, monitores, profissional de captação de recursos e responsável técnico.

Foi criada, segundo o diretor-presidente da entidade, Yury Sidney Mendes, com objetivo de ajudar pessoas com transtornos decorrentes do uso e abuso de substâncias químicas e álcool. Hoje, atende 15 pessoas, porém, após a conclusão de um projeto em curso, atingirá a capacidade de 30 acolhidos. Dentro das atividades, há terapias de grupo, individuais, laborterapia, oito cursos EAD (Ensino a Distância), Grupos de Mútuo Ajuda, atividades de espiritualidade, esportivas e lúdicas.

“Mantemos a instituição funcionando por meio de doações de pessoas físicas e jurídicas de toda nossa região, e também através de recursos oriundos dos acolhidos que têm direitos junto ao INSS. No momento, não temos nenhum tipo de ajuda governamental. Contamos com o apoio da sociedade e de voluntários para continuar salvando vidas!”, destaca Yury.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui