https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

A volta às aulas neste início de ano ficará na lembrança dos alunos das escolas municipais por conta de uma série de situações. Abraçar os colegas, professores e funcionários no tradicional reencontro foram trocados nesta quinta-feira (18) por rigorosos protocolos de saúde, entre eles o distanciamento social, como forma de fazer o enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Anunciante do CNT

A retomada do modelo tradicional com os alunos e professores em sala de aula foi bastante planejada pela Fundação Municipal de Educação. Professores, merendeiras, serventes e demais funcionários participaram de diversas reuniões de capacitação para preparar os ambientes e realizar todas as atividades com as crianças de modo que todos possam estar seguros e o mais distante possível dos riscos da contaminação pela doença.

Anunciante do CNT

O prefeito Joares Ponticelli e o diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação Maurício da Silva fizeram uma recepção simbólica aos alunos da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Juscelino Kubistchek, no bairro São Cristóvão. Já no portão todos tinham a temperatura corporal medida. Alguns metros adiante, outro funcionário cuidava da higienização das mãos com álcool e a limpeza dos calçados.

Anunciante do CNT

Antes do início das aulas, diretora e professoras explicaram de maneira didática o novo jeito de estudar na escola em meio à pandemia. Carteiras separadas, distanciamento e recreio em horários diferentes são alguns dos procedimentos aos quais as crianças terão que se habituar. As aulas híbridas, com metade dos alunos em aula presencial e os demais em aulas online, em casa, também fazem parte dessa retomada diferente da volta às escolas.

Dos cerca de 8 mil alunos da rede municipal, em torno de 4,3 mil voltaram para a sala de aula nesta primeira semana.

“Vim aqui na escola algumas vezes para buscar a atividade e depois voltava para casa. É bom voltar a estudar aqui e brincar com os amigos”, contou a estudante Sara Leticia, de uma turma do quarto ano do Ensino Fundamental, ao lado do vizinho João Vitor Damiani Brasil.

Para o prefeito Joares Ponticelli, o ano de 2021 será de recuperação com bastante envolvimento dos pais, comunidade escolar e Poder Público.

“É muito bom voltar ao ambiente escolar, nós também estávamos ansiosos como as crianças. A organização das escolas está excelente, com os tapetes, álcool gel, medição da temperatura, marcação dos espaços de uso coletivo e isso nos dá segurança para retomar o ano letivo. O ano de 2020 foi de muito esforço e limitações, e 2021 vai ser, acima de tudo, o ano da recuperação. Teremos de fazer um esforço adicional, uma mobilização de toda comunidade escolar e Poder Público. E torcendo para que logo possamos receber mais doses da vacina para continuar a imunização da população”, comentou o prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui