https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

O Hospital Santa Teresinha registrou nesta sexta-feira, 19, sua maior taxa de ocupação de leitos COVID desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas são seis o número de pacientes intubados aguardando transferência para UTI.
O mês de março já bateu todos os recordes de atendimento desde o início da pandemia, há exatamente um ano.

Anunciante do CNT

Neste mês o HST já esteve com 100% dos leitos clínicos utilizados, com lista de espera para internação. Em seu último boletim, divulgado na manhã de hoje, 18 pacientes encontram-se internados todos positivados para Covid-19, sendo nove de Braço do Norte, três de São Ludgero, um paciente de Tubarão, quatro de Gravatal e um de Armazém.

Anunciante do CNT

O Hospital Santa Teresinha emite diariamente, as 12 horas, boletim contendo as informações atualizadas sobre o atendimento no setor Covid. “Alguns fatores nos são sensíveis a esse aumento da demanda de atendimentos, entre eles os reflexos das aglomerações do carnaval, já que o número de jovens internados aumentou consideravelmente. Consequentemente, observamos um aumento da contaminação familiar”, explica o médico Dr. Michel Balvedi Medeiros, coordenador do serviço de urgência e emergência e linha de frente no combate ao Covid-19 no HST.

Na tarde de ontem o Hospital Santa Teresinha emitiu uma Nota Técnica ampliando as suspensões dos procedimentos cirúrgicos eletivos, mantendo os de emergência, e a suspensão de exames e consultas, até 31 de março.
Em comunicado a instituição alertou ainda para a falta de respiradores, bombas de infusão, monitores e RH para atendimento, além da falta de medicamentos.

Colaboradores prestam homenagem as perdas por Covid-19

Os colaboradores do Hospital Santa Teresinha realizaram no final da manhã deste sexta-feira uma homenagem as vidas perdidas durante a pandemia e aos profissionais de saúde. A iniciativa foi do Conselho de Secretarias de Saúde Municipais de Santa Catarina – COSEMS-SC.
Foi realizado um minuto de silêncio em frente ao Hospital Santa Teresinha rogando forças aos profissionais que ultrapassam os limites da exaustão e cansaço no atendimento aos pacientes que necessitam e bênçãos a todos.
O ato pede ainda conscientização das pessoas sobre os métodos de higienização e cuidados com a transmissão do vírus, como o distanciamento social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui