https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Por volta das 6h desta terça-feira (30), policiais civis e militares de Imbituba se dirigiram às Comarcas de Florianópolis, São José e Palhoça e deram cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão e três de prisão preventiva expedidos a partir de duas investigações diversas em trâmite na Delegacia de Polícia de Imbituba.

Anunciante do CNT

CASO 1:
No dia 19/02/2021, foi registrado na Delegacia de Polícia de Imbituba um furto em veículo, ocorrido no estacionamento de um Supermercado situado no bairro Vila Nova. Na oportunidade, a vítima estacionou seu veículo com o intuito de efetuar compras no Supermercado.
Contudo, os autores do furto estacionaram um veículo Renault/Logan ao lado e, mediante a utilização de um dispositivo bloqueador de sinal, impediram o travamento das portas do veículo da vítima, a qual acabou se dirigindo ao estabelecimento pensando ter fechado o carro. Momento contínuo, os autores ingressaram no veículo da vítima e subtraíram seus pertences (bolsa e aparelho celular).
Instaurado o Inquérito Policial, o setor de investigação da Delegacia de Polícia de Imbituba, com o auxílio da Inteligência da Polícia Militar, efetuou diversas diligências e logrou êxito na identificação do veículo Renaul/Logan e, inclusive, a identificação da dupla responsável pela prática criminosa.
Por coincidência, os 2(dois) autores, residentes em Florianópolis e São José, já eram conhecidos da Delegacia de Polícia de Imbituba, uma vez que um deles foi recentemente indiciado por outros 2(dois) furtos em veículos praticados em Imbituba em agosto de 2020. O segundo autor, da mesma forma, também foi recentemente indiciado por outros 7(sete) furtos praticados em Imbituba em novembro de 2020, inclusive um deles com o mesmo modo de atuar (furto em veículo).

Anunciante do CNT

CASO 2:
No dia 04 de março de 2021, ocorreram cerca de 2 furtos em veículos na Praia do Luz, em que os autores se utilizaram de um dispositivo eletrônico conhecido popularmente como “Chapolim”, o qual bloqueia as ondas de travamento das portas por meio eletrônico, mantendo-as abertas quando o proprietário do veículo não confere as travas manualmente.
Durante essa investigação, também foi observado que os autores utilizavam uma máquina de cartão do Mercado Pago para fazer transferências instantâneas com os cartões de crédito subtraídos, antes mesmo que as vítimas percebessem os furtos.
Após várias diligências investigativas, o veículo utilizado pelos autores do furto foi devidamente identificado e, após monitoramento, os investigados acabaram sendo presos em flagrante pela polícia militar logo após praticarem outro furto semelhante na Comarca de Garopaba. Na oportunidade, foi possível confirmar que os autores residiam na cidade de Palhoça e que pelo menos um deles havia sido o autor dos demais furtos já investigados pela Polícia Civil de Imbituba.
Diante da identificação dos autores dos furtos, os Delegados de Polícia responsáveis pelas investigações representaram ao Poder Judiciário de Imbituba pela concessão de 4(quatro) mandados de busca e apreensão e 3(três) mandados de prisão preventiva, os quais foram prontamente deferidos pelo Poder Judiciário de Imbituba após manifestação favorável do Ministério Público local.

Anunciante do CNT

Na presente data, os policiais civis e militares se dirigiram aos municípios de São José, Florianópolis e Palhoça e deram cumprimento aos mandados de busca e apreensão. Nas residências, foram encontrados dezenas de objetos sem comprovação de procedência, sendo que alguns deles inclusive já foram reconhecidos pelas vítimas dos referidos furtos. Além disso, os policiais deram cumprimento aos 3(três) mandados de prisão preventiva expedidos pelo Poder Judiciário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui