https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Dezenas de pessoas dos bairros Guarda Margem Esquerda e São João foram beneficiados com serviços gratuitos neste fim de semana em Tubarão. 

Anunciante do CNT

A Igreja do Evangelho Quadrangular promoveu o projeto Lucas, que conta com uma unidade móvel equipada para atendimento médico e odontológico.

Anunciante do CNT

Neste sábado, dia 25, a unidade esteve no bairro Guarda Margem Esquerda. Além da unidade móvel com os atendimentos médicos, também foram ofertados serviços de estética com corte de cabelo, manicure, brincadeiras com as crianças, psicólogo e aconselhamento pastoral.

Anunciante do CNT

Roupas, acessórios, calçados e alimentos também foram doados durante a ação que ocorreu das 9h às 17h na localidade. Homens, mulheres e crianças participaram das atividades.

Neste domingo, dia 26, o evento foi realizado no bairro São João, onde mais pessoas puderam ser atendidas gratuitamente.

De acordo com o pastor Davi Boeira, superintendente da Igreja do Evangelho Quadrangular em Tubarão, o projeto é de grande importância para aproximar a igreja da comunidade e promover esta ação social. “Conseguimos alcançar muitas vidas. Foi de suma importância para que os moradores pudessem participar desta ação. Queremos agradecer a comunidade que nos recebeu e a todos os voluntários que ofertaram seu tempo”, comenta o pastor. Ele afirma que a igreja promove ações sociais por meio do departamento de missões, com doação de roupas, alimentos, atendimento de famílias e outros serviços.

O projeto

O Projeto Lucas é um trabalho da Secretaria Geral de Missões (SGM), departamento de ações sociais da Igreja do Evangelho Quadrangular no Brasil. O trabalho é realizado em diversos Estados e também no exterior e tem como objetivo promover ações na área da saúde.

Por meio do projeto, profissionais voluntários da área da saúde atendem em ônibus equipados com consultório médico e odontológico, prestando cuidados clínicos, gratuitamente, à população. O projeto iniciou em 2005 e em 2013 chegou a Santa Catarina.

Já são mais de 18 unidades móveis espalhadas pelo Brasil e já atendeu mais de 177 mil pessoas. O projeto leva o nome do personagem bíblico Lucas, que era apóstolo de Jesus e médico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui