https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Temperatura em elevação. Mínimas entre 7/10°C em alguns pontos do Topo da Serra (região de São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Urubici, Painel e Urupema). Máximas variando entre 23/26°C em pontos do; Litoral Norte e Baixo Vale do Itajaí.

Anunciante do CNT

► Condições favoráveis às atividades ao ar livre; ruins para as de média a longa duração. Nas atividades ao ar livre de curta duração o risco é menor para as que precisarem de 3 ou menos horas seguidas sem chuva. Fazer um pente fino no terreno e retirar qualquer objeto que possa acumular água, combatendo o mosquito da dengue.

Anunciante do CNT

► Em hortas comerciais maior atenção com as doenças de clima mais ameno, teremos um período de 2 a 3 dias de muita umidade. Para semeadura do fumo e cebola; bem favorável. Tem chuva no decorrer da semana. Para todas culturas de inverno é mais viável e tranquilo se tiver água a disposição para irrigação ao longo do ciclo. Bom para o transplante do fumo em todo o estado nos próximos dias.

Anunciante do CNT

► A seca traz prejuízos nas culturas fora de época e de época (confirmando o alerta dado em fins de janeiro e fevereiro). Já é a seca mais severa no Topo da Serra em 66 anos de dados (São Joaquim) no intervalo de junho de 2019 a maio de 2020.

► Cuidado ao queimar o lixo na propriedade e evitar de jogar o cigarro acesso na beira de estradas. EVITEM AO MÁXIMO QUALQUER QUEIMADA NA PROPRIEDADE E EM ÁREAS PRÓXIMAS DE REFLORESTAMENTOS E CAMPOS. Condições de propagação; finalmente teremos uma boa trégua nesta condição devido à chuva nesta terça a quinta-feira.

►Os efeitos da estiagem estão sendo suavizados neste mês de junho com alguns intervalos chuva mais significativa a forte em diversas áreas de SC, no momento mais do Centro ao Oeste e na Semana que vem alivia mais do Centro ao Litoral. Bons volumes dentro desta primeira quinzena. Ajudará nas áreas de pecuária leitura no pasto de inverno, semeadura da safra de inverno. Aproveitar o máximo para reservar a água em açudes e cisternas. A estiagem não acabou, apenas terá uma trégua (como aconteceu ano passado em alguns intervalos).

► Na fruticultura, no geral, a falta de água ainda prejudica os tratamentos (falta parcial ou total de água) de outono/inverno, mais no Topo da Serra. Tem chance de melhorar este quadro ao longo da primeira quinzena de junho. Usar com muito bom senso a água. O frio está sendo muito bom neste outono/inverno com boas somas de horas de frio e unidades de frio, seguindo o previsto no fim do verão (outono inverno mais para frio).

► Bom para suspender a irrigação e reservar mais água nos açudes, pois teremos um período favorável a chuva em SC entre esta terça a quinta-feira, especialmente nas hortas comerciais em todo o estado. Reservar água para as culturas de inverno reformando e ampliando os açudes, fazer novos açudes (dentro da legislação) e aproveitar a água de telhados na propriedade (cisternas) obtendo ajuda da Epagri local. Aproveitar ao máximo a trégua na estiagem.

► Bom para fazer a poda (mais grosseira) de inverno em algumas fruteiras de clima temperado. O ideal é retardar o máximo possível a poda inverno/primavera das fruteiras de caroço e variedades precoces de videira (risco alto de geada na florada e frutificação). No caso das fruteiras de caroço recomendo deixar florescer e frutificar para depois fazer a poda. Derrubar as folhas das variedades de fruteiras de clima temperado (áreas mais baixas) que ainda estejam enfolhadas.

► Culturas de inverno sem irrigação terão problemas neste ciclo. Economizar o máximo possível quem tiver açudes para isto. Assim como reservar água para o combate a geada na época certa. No mês de junho o quadro será mais favorável às culturas da época, uma pequena trégua na estiagem.

► Seguir à risca o zoneamento agroclimático para o plantio da safra de inverno e próximo verão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui