https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Com a massa de ar polar que predomina em Santa Catarina e a neve prevista que caiu e atraiu milhares de turistas à região serrana nesta semana, o fluxo de veículos mais que triplicou nas vias de acesso às cidades como Urubici, Urupema, São Joaquim, Lages e Bom Jardim da Serra. Uma das principais para chegar a esses destinos aos moradores do Sul do Estado é a SC-370, pela Serra do Corvo Branco, que tem o trecho de subida de chão batido e sem acostamento. É considerada uma das estradas mais perigosas, principalmente em dias de chuva e neve.

Anunciante do CNT

E devido à umidade frequente, principalmente a que predominou nos últimos dias, muitas pedras rolam as encostas e caíram sobre a pista, deixando muitos pontos em meia-pista. O flagrante foi feito por um leitor do Portal CNT nesta manhã de sexta-feira (21), quando retornava de Urubici para Tubarão. “É importante alertar os motoristas, já que o perigo é maior à noite”, chama atenção o turista. Além de grandes pedras, muita terra também desceu das encostas. Em janeiro do ano passado, a rodovia chegou a ser completamento interditada pela Defesa Civil estadual por risco de deslizamento completo de alguns trechos de pista.

Anunciante do CNT

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) é a responsável por controlar e sinalizar os problemas nas SCs, mas nos trechos em questão não havia nenhum cone ou fita de isolamento, o que aponta que os desmoronamentos ocorreram entre esta quarta e sexta-feira. O mesmo problema pode ser observado com frequência também na Serra do Rio do Rastro, entre Lauro Müller e Bom Jardim da Serra, mas por lá há um projeto em curso de obras de contenção. Já no Corvo Branco, que liga os municípios de Grão-Pará, na Amurel, a Urubici, no Planalto, não há nada de planejamento para este problema. A Secretaria de Estado da Infraestrutura já foi comunicada dos deslizamentos por moradores locais, que aguardam uma posição para solucionar a questão, que coloca, diariamente, a vida de motoristas em risco.

Anunciante do CNT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui