https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Vizinhos, parentes e amigos de uma mulher de 31 anos começaram a sentir a falta dela. Nesta terça-feira (13), preocupados com o sumiço, resolveram chamar o dono da quitinete onde ela morava, por volta das 16h30, na rua José Adécio da Silva, no bairro Rio Bonito em Braço do Norte. Ela estava desaparecida desde o último domingo (10).

Anunciante do CNT

Ao entrar no imóvel com a chave reserva, ele encontrou a inquilina morta, caída no banheiro. Como tinha muito sangue ao redor do corpo, o Instituto-Geral de Perícias (IGP) e o Instituto Médico-Legal (IML) foram acionados pela Polícia Militar, que já estava no local.

Anunciante do CNT

A suspeita dos peritos é que ela tenha morrido de causas naturais, pois não havia nada que indicasse arrombamento e nem sinais de violência no local. O corpo foi encaminhado para o IML de Tubarão, para análise. A Polícia Civil aguarda o lauda da perícia que vai apontar se foi um assassinato, uma overdose ou um falecimento por motivos naturais.

Anunciante do CNT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui