https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Em época de pandemia, a união é o melhor caminho para atender quem mais precisa. E assim, por meio do Projeto Mães da Favela Especial, da Central Única das Favelas (Cufa), com patrocínio da multinacional Vale, foi possível beneficiar 50 famílias em Capivari de Baixo, onde as chefes do núcleo familiar são as mães. Este grande grupo esteve, na manhã desta terça-feira (13), no Centro de Convivência da Terceira Idade, participando de um ato promovido pela Secretaria de Assistência Social e da Família do município, através do Cras, que atende a comunidade em vulnerabilidade socioeconômica.

Anunciante do CNT

“Fizemos um trabalho de convocação de cerca de cinco horas – na segunda (12) -, para que pudéssemos receber o aval da Cufa e colocar Capivari de Baixo no cenário nacional da campanha. Quem saiu ganhando foi o cidadão que realmente precisa de ajuda em nossa cidade. Assim, com o projeto, conseguiremos propor a entrega de 300 cestas básicas (50 por mês) a essas chefes de família”, destaca, emocionada, a secretária da pasta, Samira Vargas Porto, que abriu o evento de hoje. Ela ainda reforça que este foi o primeiro de muitos projetos que estão por vir em parceria com a entidade nacional.

Anunciante do CNT

O secretário de Administração, Finanças e Planejamento Urbano da prefeitura, Glauco Gazola Zanella, também participou do ato e fez questão de reconhecer o esforço do grupo de assistentes sociais do município. “É uma equipe que não mede esforços no auxílio constante ao cidadão que mais necessita, principalmente nesta época pandêmica. Que orgulho temos desses servidores. É uma ação mais envolvente que a outra, desta vez com o amparo e subsídio da Cufa, que vai dispor dessas cestas básicas até o fim do ano para essas famílias”, comemora.

Anunciante do CNT

Representando a Cufa estava a coordenadora da entidade em Capivari de Baixo e em Tubarão, Silvana Manoela. Ela elenca alguns números do Projeto no Estado e mensura sua dimensão. “São cerca de 40 toneladas de alimentos distribuídos, por meio de cestas básicas, somente em Santa Catarina, o que resulta em um total de R$ 1,6 milhão injetado somente na proposta Mães da Favela Especial. Na Amurel, já iniciamos esta distribuição, nesta parceria com as prefeituras, em três municípios: Capivari de Baixo, Laguna e Tubarão. Somente na Cidade Azul são 200 mães chefes de família beneficiadas”, detalha.

Segundo Silvana, nesta época de dificuldades geradas em virtude da pandemia da Covid-19, a Cufa está entre as entidades sociais mais requisitadas e atuantes no país, inclusive com projetos em curso no continente africano e em vários países de outros locais no mundo, mas sempre com ênfase no Brasil, onde, segundo ela, o número de pessoas que necessitam de alimentação básica aumentou consideravelmente nos últimos 16 meses.

A Cufa

É uma organização brasileira reconhecida nacionalmente nos âmbitos político, social, esportivo e cultural. Foi criada a partir da união entre jovens de várias favelas, principalmente negros, que buscavam espaços para se expressar e debater sobre a sua realidade social. Os fundadores são os ativistas Celso Athayde e Alex Pereira Barbosa, o MV Bill.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui