https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

Jovem foi presa no Ceará por fazer festa durante quarentena. Ela alegou que teria utilizado dinheiro do auxílio emergencial para realizar o evento.

Anunciante do CNT

Uma mulher de 20 anos foi presa em flagrante nesta terça-feira, 28, após realizar uma festa com vários convidados na casa dela, no bairro do Cruzeiro, no município de Camocim/CE a cerca de 350 km de Fortaleza.

Anunciante do CNT

Para bancar o evento, ela ainda teria usado o dinheiro do auxílio emergencial do governo federal concedido a pessoas de baixa renda e trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus.

Anunciante do CNT

Vizinhos acionaram a Polícia Militar por conta do som alto vindo do imóvel. Quando policiais do POG (Policiamento Ostensivo Geral) chegaram ao local, a mulher questionou por que a comemoração era proibida e se comprometeu a diminuir o som.

Auxílio emergencial
Entretanto, logo depois que a polícia foi embora, ela aumentou o volume e, segundo testemunhas, ficou gritando que estava gastando o dinheiro que ganhou do governo. Os vizinhos tornaram a ligar para a polícia, e ela foi presa.

Ao verem a mulher ser presa, os convidados fugiram. A polícia disse que todos os participantes da festa estavam ingerindo bebida alcoólica, inclusive a dona da comemoração. O número de convidados não foi informado.

Crime
Segundo a polícia, a investigada vai responder pelos crimes de perturbação de sossego e descumprimento do decreto do governo do estado que proíbe a realização de eventos, sejam eles privados ou públicos, para não causar aglomeração e evitar o contágio de COVID-19.

A mulher foi levada para a 3ª Companhia da Polícia Militar, em Camocim, e depois para a Delegacia Regional do município, onde foi lavrado um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência). Ela vai responder pelos crimes em liberdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui