https://www.cnttubarao.com.br/wp-content/uploads/2021/01/web-banner-IPTU-2021_CNT.jpg
Anunciante do CNT

A nova matriz de risco em Santa Catarina, divulgada nesta quarta-feira (9), classifica 14 das 16 regiões do Estado como nível gravíssimo no potencial para Covid-19. Em relação ao boletim da semana passada, a microrregião Foz do Rio Itajaí foi reclassificada, passando para grave (laranja). O Extremo-Oeste permanece como grave. A Amurel, composta por 18 municípios, segue classificada no vermelho, conforme aponta o mapa.

Anunciante do CNT

A epidemiologista do Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), Maria Cristina Willemann, alerta que a velocidade do contágio no estado ainda é alta, assim como a ocupação de leitos de Unidade de Terapias Intensivas.

Anunciante do CNT

Ela destaca: “O número de casos em Santa Catarina está em crescimento e nós não sabemos quanto tempo isso irá durar, mas há importante contribuição do comportamento da população, pois percebemos que o registro está localizado, em grupos familiares e territoriais”, aponta. Na semana passada, o Estado registrou 33.458 novos casos e 323 óbitos. Nesta terça-feira (9), houve 91 mortes, o maior número notificado em 24 horas durante todo período da pandemia.

Anunciante do CNT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui